Federação Goiana de Futebol

NOTÍCIA

Conselho Técnico oficializa Goianão 2019





A reunião do Conselho Técnico do Goianão 2019 realizada nesta quinta-feira, dia 8 de novembro, no Hotel Holiday Inn Goiânia no Setor Oeste em Goiânia, oficializou as diretrizes da competição que será disputada de 20 de janeiro a 21 de abril, totalizando 18 datas disponíveis pelo Calendário da CBF, contabilizando 13 finais de semana, quatro meios de semana e o sábado de Carnaval, no dia 2 de março.
 
Depois de nove anos, desde 2010, o Goianão passa a contar com presença de 12 equipes, conforme decisão do Conselho Técnico da edição deste ano de 2018, que houve por bem aumentar o número de integrantes do mesmo de 10 para 12 com o intuito de melhor viabilizar uma mudança na fórmula de disputa, que devido ao número restrito de datas que são disponibilizadas para os Campeonatos Estaduais, esse número de doze participantes possibilita empreender fórmula de disputa mais abrangente.
 
Assim, após cinco anos de fórmula de disputa inalterada, o Goianão 2019 ganha uma nova roupagem, que vale para o biênio 2019/2020.
 
Em 2019, os 12 clubes integrantes são: Goiás, Aparecidense, Vila Nova, Anapolina, Iporá, Grêmio Anápolis, Atlético e Itumbiara pela ordem de classificação no Goianão 2018 mais Crac, Novo Horizonte, Goiânia e Goianésia que ascenderam, nesta ordem de classificação, da Divisão de Acesso 2018, sendo que esses quatro novos integrantes, substituem com o acréscimo no número de participantes, os rebaixados Anápolis e Rio Verde.
 
 
Sistema de disputa
 
A fórmula de disputa aprovada por unanimidade, quanto ao seu esqueleto, é a seguinte: as 12 equipes foram divididas em dois grupos de seis times cada, formados por sorteio dirigido a partir de seis duplas regionalizadas na medida do possível, observado também os aspectos técnico e de tradição, sorteadas, ficando cada dupla em cada um dos dois grupos. 
 
Assim, o Grupo A está formado por Goiás, Aparecidense, Crac, Anapolina, Goianésia e Itumbiara enquanto o Grupo B está composto por Vila Nova, Atlético, Novo Horizonte, Grêmio Anápolis, Iporá e Goiânia
 
Os jogos acontecem grupo contra grupo, em turno e returno, na 1ª Fase, totalizando 12 partidas para cada time, seis em casa e seis fora de casa, contagem corrida de pontos ganhos, classificando-se os oito primeiros colocados, independente de grupo, para as Quartas de Final, daí conhecendo-se os quatro semifinalistas e os dois finalistas que decidem o título de campeão do Goianão 2019 enquanto os dois últimos colocados, também independente de grupo, são automaticamente rebaixados para a Divisão de Acesso em 2020.
 
Os confrontos nas Quartas de Final serão assim: 1º x 8º, 2º x 7º, 3º x 6º e 4º x 5º, de acordo com a classificação geral da 1ª Fase ao passo que nas semifinais, 1º x 4º e 2º x 3º, abrangendo a pontuação da 1ª Fase + Quartas de Final.
 
A partir das Quartas de Final, os melhores colocados na somatória geral dos pontos em toda a competição, fazem o jogo de volta como mandantes, e, a exemplo das três últimas edições do Goianão, empate em pontos e gols provoca decisão por pênaltis. 
 
 
Condição de jogo
 
Os times participantes têm até a segunda-feira, dia 14 de janeiro de 2019, para colocar os contratos dos jogadores que irão atuar na partida de estreia no Goianão 2019 pendentes no sistema web. O último dia útil anterior ao da 3ª Rodada do 2º Turno, 9ª Rodada geral da 1ª Fase, será o prazo limite para os jogadores ganharem condição de jogo para o Campeonato, porém, no entanto, haverá uma exceção, qual seja, cada time poderá inscrever até mais dois atletas até o último dia útil anterior ao do início das Quartas de Final.
 
 
Quantidade de atletas abaixo da idade
 
Diferentemente do que ocorria desde o Goianão 2013, a obrigatoriedade de utilização da quantidade mínima de quatro atletas até 22 anos de idade dentre os vinte que constam da súmula foi abolida na sua totalidade, ou seja, passa a não existir mais.
 
 
Locais dos clássicos goianienses
 
Os clássicos goianienses serão realizados no Estádio Serra Dourada, salvo comum acordo expresso para a utilização de outros Estádios.
 
  
Árbitro de vídeo
 
A partir exclusivamente das semifinais do Campeonato, havendo viabilidade técnica e financeira, as partidas poderão contar com o árbitro de vídeo.  
 

 


Autor: Roberto Sampaio
Fonte: Coordenadoria Técnica



Mais Noticias

PARCEIROS
Federação Goiana de Futebol
2018 Federação Goiana de Futebol - Todos os Direitos Reservados
Edifício The Prime Tamandaré Office 22º Andar
Rua 5 nº 691 - Setor Oeste - Goiânia - GO CEP: 74.115-060.
Fone/Fax:
(62) 3218-2311 / 3218-2360 / 3920-9050