Federação Goiana de Futebol

T.J.D - Tribunal de Justiça Desportiva

PAUTA DE JULGAMENTO 3ª C.D. - 28/04/2015





PAUTA DE JULGAMENTO –019/15
 
                                      TODOS OS INDICIADOS DESTA PAUTA DE JULGAMENTO FORAM CITADOS ATRAVÉS DE CERTIDÃO, FAX E DO BOLETIM OFICIAL DA FEDERAÇÃO GOIANA DE FUTEBOL, ÁS LUZES DOS PARAGRÁFOS ÚNICO DO ARTIGO 47, DO CBJD, PARA A SESSÃO ORDINÁRIA DO DIA 28 DO MÊS DE ABRIL DO CORRENTE ANO de 2015, ÁS 17:00 HORAS, NO PLENÁRIO PROFESSOR JOAQUIM DE CARVALHO FERREIRA NA SEDE DA FEDERAÇÃO GOIANA DE FUTEBOL:
 
INDICIADOS 3ª COMISSÃO DISCIPLINAR
 
 
Processo 049/2015          
CAMPEONATO GOIANO DE FUTEBOL PROFISSIONAL- 1ª DIVISÃO-2015
Jogo:              GOIÁS ESPORTE CLUBE    x   GOIANÉSIA ESPORTE CLUBE    
Data:              Goiânia, 19 de ABRIL  de 2015   
Procurador: Dr. AURELINO IVO DIAS
Relator:         Dr. ANA PAULA DE GUADALUPE ROCHA
Indiciados: LUCAS HENRIQUE COELHO, camisa nº 18 atleta do Goiás EC, participante do campeonato goiano da 1ª Divisão de 2015, como incursa no artigo 254 do CBJD. Por ter segundo relatório contida na Súmula, o árbitro da partida, Aos 30 minutos do segundo tempo foi expulso com 2º cartão amarelo, por ter em disputa de bola e de forma temerária dado um carrinho atingindo seu adversário nas duas pernas. Informa ainda que          o jogador atingido permaneceu em campo normalmente."
 
PAULO VITOR CATREUS DE FREITAS, camisa nº 07 atleta do Goianésia  EC, participante do campeonato goiano da 1ª Divisão de 2015, como incursa no artigo 254 do CBJD. Por ter segundo relatório contido na Súmula, o árbitro da partida, Aos 38 minutos do segundo tempo foi expulso com 2º cartão amarelo, por ter em disputa de bola e após ser driblado, calçou seu adversário  jogando-o ao solo e impedindo um contra ataque promissor. Informa ainda que       o jogador atingido permaneceu em campo normalmente."
 
 
Processo 050/2015          
CAMPEONATO GOIANO DE FUTEBOL PROFISSIONAL- 2ª DIVISÃO-2015
Jogo:              IPORÁ ESPORTE CLUBE    x   GOIANIA ESPORTE CLUBE    
Data:              Iporá, 14 de ABRIL  de 2015       
Procurador: Dr. WELLINGTON RODRIGUES P.POVOA LEMES
Relator:         Dr.  KLEBER FERNANDO SILVA
Indiciados: DANILO DOS S. RIBEIRO, camisa nº 10 atleta do Goiânia  EC, participante do campeonato goiano da Divisão de Acesso  de 2015, como incursa no artigo 254 do CBJD. Por ter segundo relatório contido na Súmula, o árbitro da partida, Aos 29 minutos do segundo tempo foi expulso com 2º cartão amarelo, por ter em disputa de bola e de forma temerária ter dado um calço em seu adversário nas duas pernas.
 
 
 
 
 
 
Processo 051/2015          
CAMPEONATO GOIANO DE FUTEBOL PROFISSIONAL- 2ª DIVISÃO-2015
Jogo:              VILA NOVA FUEBOL CLUBE   X    ANÁPOLIS FUTEBOL CLUBE
Data:              Goiânia, 14 de ABRIL  de 2015   
Procurador: Dr. AURELINO IVO DIAS
Relator:         Dr. ISAQUE LUSTOSA
Indiciados: VILA NOVA FUTEBOL CLUBE,  equipe participante do campeonato goiano da Divisão de Acesso de 2015 divisão, como incursa no artigo 213. inciso II, do CBJD. Segundo relatório contida na Súmula, o árbitro da partida, Breno Souza, informou que aos 42 minutos do primeiro tempo,  o campo foi invadido pelo torcedor Antonio Alves da Silva Junior, pulando da arquibanca para a geral e depois o portão que se encontrava atrás do túnel do vestiário do Anápolis F.C., dirigindo-se até o árbitro, dizendo para o árbitro da partida para não roubar do Vila. "Informo que aos 42 minutos do 1° tempo, o torcedor Sr.      Antonio Alves da Silva Júnior, RG 1876422 SSP/GO, invadiu o campo de      jogo pulando da arquibancada para geral e depois o portão que se encontrava através do túnel do vestiário do Anápolis F.C., indo até mim        que no momento estava na pequena área do gol defendido pela equipe         do Anápolis, que se localizava do lado dos vestiário, esperando o atendimento do goleiro da equipe visitante. Informo que o torcedor citado acima, chegou até mim dizendo: "não rouba do Vila não, você         está roubando." O torcedor foi contido pelo 4° árbitro, Sr. Clebert Pereira          e em seguida por jogadores do Vila Nova e sendo retirado pelo policiamento. Informo ainda, que o torcedor citado estava vestido com a       camisa do Vila F.C.". Não resta dúvida a responsabilidade do Denunciado que não tomou as providências necessárias e deixou um torcedor invadir o campo, mesmo embriagado, conforme relatório do árbitro e das imagens mostradas pela TV Serra Dourada, demonstrando o descaso para com a segurança durante a realização da partida.
 
CARLOS ESTEBAN FRONTINI, atleta da equipe do Vila Nova Futebol Clube, como incurso nos artigos 243-F e 254-A do CBJD. O Denunciado por ocasião da partida, deu um tapa no rosto do atleta do Anápolis F.C., Renato Antoni Justi, sem nenhum motivo aparente, sendo que o fato não foi narrado na Súmula do árbitro, no entanto, as imagens da TV Serra Dourada não deixam dúvidas da existência da agressão. Houve, portanto, injúria do Denunciado em face ao atleta do Anápolis, porque a injúria consiste em ofender verbalmente, por escrito ou até fisicamente (injúria real), a dignidade ou o decoro de alguém, ofendendo a moral, com a intenção de abater o ânimo da vítima.   Portanto, a agressão ofendeu a moral do jogador do Anápolis, com a intenção de abater o ânimo do mesmo, com a intenção clara de tentar melhor o rendimento da equipe do Denunciado em face ao adversário.
 
Processo 052/2015          
CAMPEONATO GOIANO DE FUTEBOL PROFISSIONAL- 2ª DIVISÃO-2015
Jogo:              IPORÁ ESPORTE CLUBE    x   VILA NOVA FUTEBOL  CLUBE    
Data:              Iporá, 18 de ABRIL  de 2015       
Procurador: Dr. AURELINO IVO DIAS
Relator:         Dr. RODRIGO DE F. MUNDIM L. REZENDE
Indiciados: EDSON PEREIRA LISBOA, atleta do Vila Nova Futebol Clube, participante do campeonato goiano da Divisão de Acesso de 2015, como incursa no artigo 254-A do CBJD. Segundo relatório contida na Súmula, o árbitro da partida, Roberto Giovanny, informou que "Aos 35 minutos do segundo tempo expulsei com cartão vermelho      direto o Sr. Edson Pereira Lisboa, atleta n° 01 da equipe Vila Nova F.C., que agrediu seu adversário com um tapa no rosto, atleta n° 09, Sr. Paulo Henrique S. Azevedo, da equipe do Iporá E.C., fato ocorrido com a bola fora de jogo dentro da área penal da defesa da equipe Vila Nova F. C. Informo que o goleiro expulso deixou o campo de jogo sem problemas e        o jogador agredido permaneceu em campo normalmente."
Processo 053/2015          
CAMPEONATO GOIANO DE FUTEBOL PROFISSIONAL- 2ª DIVISÃO-2015
Jogo:              ANÁPOLIS FUTEBOL CLUBE   X   GOIÂNIA ESPORTE CLUBE    
Data:              Anápolis, 19 de ABRIL  de 2015 
Procurador: Dr. WELLINGTON RODRIGUES P.POVOA LEMES
Relator:         Dr. HEBERTE RODRIGUES GONÇALVES
Indiciados: RUAN CARVALHO XAIER ROMÃO, atleta profissional, camisa nº. 08, da equipe do Goiânia E. C., como incurso no artigo 250, do CBJD, pois consta provado em súmula que aos 13(treze) minutos do segundo tempo, o atleta denunciado foi expulso em virtude do recebimento do 2º cartão amarelo, tendo em vista que durante uma disputa de bola, atingiu por trás com o braço na altura da cabeça o seu adversário, o Sr. Ramires dos Anjos Alves, camisa nº. 21 da equipe do Anápolis.
 
Após ter obedecido as Normas do artigo 47, e seu parágrafo único, do CBJD, AFIXE-SE cópia deste boletim oficial no lugar de costume e a publicação do mesmo no Boletim Oficial da Federação Goiana de Futebol, a fim de que os indiciados não aleguem ignorância. 
 
Secretaria do Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol de Goiás, em Goiânia, aos vinte e três dias do mês de ABRIL de dois mil e quinze (23.04.2015).
 
 
Confere:      Dr. Adalberto Grecco       De  Acordo:  Dr. HEBERTE RODRIGUES GONÇALVES
                                  Secretário                                               Presidente
 

    




PARCEIROS
Federação Goiana de Futebol
2020 Federação Goiana de Futebol - Todos os Direitos Reservados
Edifício The Prime Tamandaré Office 22º Andar
Rua 5 nº 691 - Setor Oeste - Goiânia - GO CEP: 74.115-060.
Fone/Fax:
(62) 3218-2311 / 3218-2360 / 3920-9050