Federação Goiana de Futebol

T.J.D - Tribunal de Justiça Desportiva

PAUTA DE JULGAMENTO 2ª C.D. - 16/04/2015





PAUTA DE JULGAMENTO –015/15
 
                                      TODOS OS INDICIADOS DESTA PAUTA DE JULGAMENTO FORAM CITADOS ATRAVÉS DE CERTIDÃO, FAX E DO BOLETIM OFICIAL DA FEDERAÇÃO GOIANA DE FUTEBOL, ÁS LUZES DOS PARAGRÁFOS ÚNICO DO ARTIGO 47, DO CBJD, PARA A SESSÃO ORDINÁRIA DO DIA 16 DO MÊS DE ABRIL DO CORRENTE ANO de 2015, ÁS 17:00 HORAS, NO PLENÁRIO PROFESSOR JOAQUIM DE CARVALHO FERREIRA NA SEDE DA FEDERAÇÃO GOIANA DE FUTEBOL:
 
INDICIADOS 2ª COMISSÃO DISCIPLINAR
 
Processo 025/2015          
CAMPEONATO GOIANO DE FUTEBOL PROFISSIONAL- 1ª DIVISÃO-2015
Jogo:              CALDAS NOVAS AC    X    ATLÉTICO CLUBE GOIANIENSE
Data:              Caldas, 14 de MARÇO  de 2015   
Procurador: Dr. ROBERTO ABDON FRAGOSO
Relator:         Dr. MILTON DE SOUZA BASTOS JUNIOR
Indiciados: CALDAS NOVAS ATLÉTICO CLUBE, associação profissional,  como incurso na disposição infracional do artigo 213 Inciso 3º do CBJD, conforme relato do árbitro da partida em súmula, aos 29 minutos do segundo tempo de jogo, foi atirado no campo de jogo um copo plástico com liquido não identificado e em direção ao árbitro da partida por um torcedor que se encontrava na arquibancada destinada a torcida do Caldas Novas AC., não atingindo ninguém e  caindo dentro do campo de jogo na lateral direita, no campo de defesa do Atlético CG.  O copo foi recolhido pelo árbitro e entregue ao 4º árbitro Wellington Machado Rodrigues.
 
GABRIEL DOS SANTOS NASCIMENTO, atleta profissional de nº 03 da equipe CALDAS NOVAS ATLÉTICO CLUBE, como incurso na disposição infracional do artigo 254-A  § 3º, do CBJD, por “ Aos 42 minutos do 2º tempo (...) receber o cartão vermelho direto. Por ter segundo relatório do árbitro da partida, o atleta foi expulso, por após a marcação de um impedimento dentro da área penal do Atlético CG. pelo assistente nº 01 Marcio Soares Maciel, o referido atleta chegou por trás do mesmo agredindo-o por trás com um chute que atingiu a sua panturrilha direita e ainda reclamando e gesticulando com os braços de força acintosa dizendo as seguintes palavras “ O QUE VOCÊ DEU?” repetidamente e somente saiu de campo com a entrada do policiamento no gramado. Tudo isso informado pelo Assistente nº 01 Sr, Márcio Soares Maciel
 
FERNANDO DE OLIVEIRA RESENDE, médico profissional da equipe CALDAS NOVAS ATLÉTICO CLUBE, como incurso na disposição infracional do artigo 254-A § 3º, do CBJD, por “ Aos 46 minutos do 2º tempo (...) ter jogado água no árbitro assistente nº 01 Sr. Márcio Soares Maciel, dizendo as seguintes palavras “ TÁ AI O QUE VOCÊS QUERIAM”,  isso após a marcação do gol do Atlético AC.
 
ANDERSON DOS SANTOS DE LIMA, atleta profissional de nº 13 da equipe CALDAS NOVAS ATLÉTICO CLUBE, como incurso na disposição infracional do artigo 258 § 2º II, do CBJD, por “ Aos 42 minutos do 2º tempo (...) receber o cartão vermelho direto. Por ter segundo relatório do árbitro da partida, saído de sua área de aquecimento no momento da expulsão do atleta GABRIEL DOS SANTOS NASCIMENTO,  e se dirigindo aoassistente nº 01 Marcio Soares Maciel, disse as seguintes palavras “ GAVETEIRO, VAGABUNDO, HOMINHO, MULEQUE”, tudo isso com o dedo em riste na direção do seu rosto, sendo contido com a  entrada do policiamento no gramado. Tudo isso informado pelo Assistente nº 01 Sr, Márcio Soares Maciel
 
GLEIDSON MARTINS DE OLIVEIRA, massagista profissional da equipe CALDAS NOVAS ATLÉTICO CLUBE, como incurso na disposição infracional do artigo 258 § 2º II, do CBJD, “ Aos 42 minutos do 2º tempo (...) foi expulso do banco de reservas, por ter se dirigido aoassistente nº 01 Marcio Soares Maciel, dizendo as seguintes palavras “ GAVETEIRO, VAGABUNDO, SAFADO, VAI TOMAR NO CÚ”, saindo em seguida. Tudo isso informado pelo Assistente nº 01 Sr, Márcio Soares Maciel
 
RENATO COSTA,  preparador de goleiros profissional da equipe CALDAS NOVAS ATLÉTICO CLUBE, como incurso na disposição infracional do artigo 258-B e 258 § 2º II, do CBJD, por “ Aos 46 minutos do 2º tempo (...) ter invadido o campo de jogo e ido em direção ao banco de reservas do seu time proferindo as seguintes palavras ao assistente nº 01 Sr. Márcio Soares Maciel, “ VAI TOMAR NO CÚ, SEU SAFADO, VAGABUNDO, GAVETEIRO, MAL INTENCIONADO”.  Tendo que ser retirado pelo policiamento.
 
Processo 033/2015          
CAMPEONATO GOIANO DE FUTEBOL PROFISSIONAL- 1ª DIVISÃO-2015
Jogo:              CALDAS NOVAS ATLÉTICO CLUBE   X   GOIANÉSIA ESPORTE CLUBE
Data:              Caldas, 25 de MARÇO  de 2015   
Procurador: Dr. AURELINO IVO DIAS
Relator:         Dr. HENRIQUE RESENDE NOGUEIRA
Indiciados:  MICHEL LUCAS PEREIRA, atleta do GOIANÉSIA E C, participante do Campeonato Goiano de Futebol Profissional da Primeira Divisão  de 2015, como incurso no artigo 250, caput do CBJD. Segundo relatório contida na Súmula, o árbitro da partida, JEFFERSON FERREIRA, informou que "Aos 34 minutos do segundo tempo expulsei do campo de jogo em decorrência do segundo cartão amarelo o jogador  n° 04, Sr. Michel Lucas Pereira da equipe do Goianésia E.C. por ter segurado seu         adversário o atleta n° 9 Sr. Marcos Arthur R. da Silva da equipe do Caldas Novas A.C. durante a disputa de bola. Informamos que o jogador         expulso já havia recebido cartão amarelo por ter segurando um de seus       adversários anteriormente."
 
CALDAS NOVAS A.C., equipe participante do Campeonato Goiano de Futebol Profissional da Primeira Divisão  2015, como incurso no como incurso no art. 191, I do CBJD.Segundo a Súmula e Relatório da Partida, elaborada pelo árbitro da partida, o Denunciado, deixou de recolher obrigação legal:"Informo que do débito do jogo no valor de R$ 5.783,49 (cinco mil, setecentos e oitenta e treis reais e quarenta e nove centavos) foi          repassado apenas R$ 260,00 (duzentos e sessenta reais) restando um débito no valor de R$ 5.523,49 (cinco mil quinhentos e vinte e treis e quarenta e nove centavos)"
 
 
Processo 034/2015          
CAMPEONATO GOIANO DE FUTEBOL PROFISSIONAL- 1ª DIVISÃO-2015
Jogo:              ITUMBIARA ESPORTE CLUBE   X   TRINDADE ATLETICO CLUBE
Data:              Itumbiara, 26 de MARÇO  de 2015        
Procurador: Dr. GUILHERME BENTZEN
Relator:         Dr. RAONI DOMINGUES DA SILVA
Indiciados: ITUMBIARA ESPORTE CLUBE, entidade desportiva profissional, como incursa na disposição infracional do artigo 211, do CBJD, pelo fato de que “aos 37’ minutos do 1º tempo, houve a queda de energia de uma das torres do estádio, a que se encontra no fundo do gol da entrada do estádio, sendo esperado 20’ minutos”;  também por incursão na disposição infracional do artigo 213, incisos I, II e III, CBJD, haja vista que, durante o tumulto havido entre os jogadores do Trindade A.C e o maqueiro, “os torcedores do Itumbiara que se encontravam na arquibancada arremessaram copos plásticos com líquidos em direção aos jogadores, sendo necessário a intervenção do policiamento da partida para controle do episódio”. Além disso, em razão de o gandula da partida, Sr. Michell, “ter empurrado com as duas mãos na altura do rosto o Dr. Flávio Guillarducc, médico da equipe do Trindade A.C”. Outrossim, pelo fato de que o Sr. Daniel dos Reis e Silva – diretor de Futebol do Trindade A.C – relatou “que um grupo de torcedores do Itumbiara tentou invadir o vestiário de sua equipe pelo portão da frente e que jogaram pedradas na direção do para-brisa do ônibus de sua equipe”;
 
JOSÉ EDNEI AMARO DE BRITO, atleta profissional de nº 10 da equipe TRINDADE A.C, como incurso na disposição infracional dos artigos 254-A, do CBJD, por envolver-se “em uma confusão, dando um empurrão com as duas mãos na altura do peito jogando-o ao chão o Sr. Orivaldo Martins da Silva, motorista da maca, lance este ocorrido fora do campo de jogo próximo ao banco de reservas do Trindade A.C, no momento em que a maca se aproximava do banco de reservas carregando um jogador da equipe do Trindade A.C. (...)”;
 
EDSON EDMAR DIAS DE SOUZA, conhecido como Mateus Paraná, atleta profissional de nº 09 da equipe TRINDADE A.C, como incurso na disposição infracional dos artigos 254-A, do CBJD, por envolver-se na confusão acima exposta,dando um chute no Sr. Orivaldo Martins da Silva, maqueiro, após o empurrão dado pelo atleta JOSÉ EDNEI, lance este ocorrido fora do campo de jogo próximo ao banco de reservas do Trindade A.C, no momento em que a maca se aproximava do banco de reservas carregando um jogador da equipe do Trindade A.C.;
 
KLEBER RODRIGUES DA SILVA, massoterapeuta da equipe TRINDADE A.C, como incurso na disposição infracional dos artigos 254-A, do CBJD, por envolver-se na confusão acima exposta,dando um empurrão nas costas do Sr. Orivaldo Martins da Silva, maqueiro, após o empurrão dado pelo atleta JOSÉ EDNEI, lance este ocorrido fora do campo de jogo próximo ao banco de reservas do Trindade A.C, no momento em que a maca se aproximava do banco de reservas carregando um jogador da equipe do Trindade A.C.;
 
RODRIGO OBERDON PAGANELLI, atleta profissional de nº 04 da equipe ITUMBIARA E.C, como incurso na disposição infracional do artigo 254-A, do CBJD, “por ter agredido com um chute o seu adversário Sr. Jaldo dos Prazeres Silva nº 04 do Trindade A.C, chute este desferido por trás, atingindo o calcanhar do atleta, jogando ao chão, lance este ocorrido fora da disputa da bola, quando o jogo se encontrava paralisado, após a cobrança de um escanteio a favor do Itumbiara”;
pelos fatos e direito a seguir alinhavados.
 
 
Processo 035/2015          
CAMPEONATO GOIANO DE FUTEBOL PROFISSIONAL- 1ª DIVISÃO-2015
Jogo:              GRÊMIO ESPORTIVO ANÁPOLIS   X   ITUMBIARA ESPORTE CLUBE
Data:              Anápolis, 29 de MARÇO  de 2015
Procurador: Dr. ROBERTO ABDON FRAGOSO
Relator:         Dr. AMADEU PEIXOTO MACHADO
Indiciados: CLEBER AUGUSTO DE SOUSA, atleta profissional de nº 05 da equipe GRÊMIO ANÁPOLIS S/A, como incurso na disposição infracional do artigo 258, §2º, II, do CBJD, por reclamar acintosamente das marcações da arbitragem e proferir ao árbitro as seguintes palavras: “Vai apitar essa merda direito desgraça”;
 
 
Processo 036/2015          
CAMPEONATO GOIANO DE FUTEBOL PROFISSIONAL- 1ª DIVISÃO-2015
Jogo:              CALDAS NOVAS ATÉTICO CLUBE  X   GOIÁS ESPORTE CLUBE
Data:              Caldas, 29 de MARÇO  de 2015   
Procurador: Dr. ROBERTO ABDON FRAGOSO
Relator:         Dr. GREY BELLYS DIAS LIRA
Indiciados: CALDAS NOVAS ATLÉTICO CLUBE, associação profissional,  como incurso na disposição infracional do artigo 191 do CBJD, conforme relato do árbitro da partida em súmula, as despesas no valor de R$ 13.036,77( treze mil, trinta e seis reais e noventa e setenta e sete centavos) não foram pagas.
 
Processo 037/2015          
CAMPEONATO GOIANO DE FUTEBOL PROFISSIONAL- 1ª DIVISÃO-2015
Jogo:              GOIANÉSIA ESPORTE CLUBE   X   A A ANAPOLINA
Data:              Goianésia, 29 de MARÇO  de 2015         
Procurador: Dr. ROBERTO ABDON FRAGOSO
Relator:         Dr. MILTON DE SOUZA BASTOS JUNIOR
Indiciados: ANDRÉ LUIZ CARVALHO MARTINS DOS SANTOS, camisa nº 05, atleta profissional, da equipe do A A ANAPOLINA., como incurso na disposição infracional do artigo 254 do CBJD, expulso aos 36 minutos do 2º tempo em decorrência do 2º CARTÃO AMARELO, por ter numa disputa de bola, atingido com um chute na perna direita abaixo do joelho seu adversário. O atleta atingido continuou a jogar
 
GOIANÉSIA ESPORTE CLUBE, associação profissional,  como incurso na disposição infracional do artigo 213 I § 1º do CBJD, conforme relato do árbitro da partida em súmula, aos 29 minutos do segundo tempo de jogo, o mesmo foi chamado pelo árbitro assistente Sr. Adriano Mendes que lhe informou que a torcida do Goianésia EC, jogou uma lata de cerveja próximo ao mesmom caindo dentro do campo de jogo. Segundo informações, o policiamento foi acionado e após a partida o Cpitão Romão da PM informou  que o torcedor foi identificado e encaminhando para o Registro do Boletim de Ocorrência.
 
Processo 038/2015          
CAMPEONATO GOIANO DE FUTEBOL PROFISSIONAL- 2ª DIVISÃO-2015
Jogo:              AMÉRICA FUTEBOL CLUBE   X   VILA NOVA FUTEBOL CLUBE
Data:              Morrinhos, 28 de MARÇO  de 2015        
Procurador: Dr. ROBERTO ABDON FRAGOSO
Relator:         Dr. HENRIQUE RESENDE NOGUEIRA
Indiciados: VINICIUS SIMON, camisa nº 05, atleta profissional, da equipe do Vila Nova FC., como incurso na disposição infracional do artigo 254 do CBJD, expulso aos 42 minutos do 1º tempo em decorrência do CARTÃO VERMELHO, por ter numa disputa de bola, dado um carrinho frontal em seu adversário. O atleta atingido continuou a jogar normalmente
 
 
Processo 039/2015          
CAMPEONATO GOIANO DE FUTEBOL PROFISSIONAL- 2ª DIVISÃO-2015
Jogo:              GOIÂNIA ESPORTE CLUBE   X   EC QUIRINÓPOLIS
Data:              Goiânia, 28 de MARÇO  de 2015 
Procurador: Dr. RODRIGO ANANIAS MAIA
Relator:         Dr. RAONI DOMINGUES DA SILVA
Indiciados: GOIANIA E.C, equipe profissional, como incurso na disposição infracional do artigo 191 e artigo 206 do CBJD, com base nos fatos e fundamentos a seguir delineados; Houve um atraso de 02 (dois) minutos para formação das equipes por parte do Goiânia E.C, contrariando o disposto da Portaria 005/FGF/2015, que prevê que as equipes devem adentrar o campo com 10 (dez) minutos, neste caso 15:50 hs, e o Goiânia EC, apresentou-se para entrada às 15:52 hs.”
 
 
E.C QUIRINOPOLIS, equipe profissional, como incurso na disposição infracional do artigo 191 do CBJD, com base nos fatos e fundamentos a seguir delineados; “Informo que a equipe do EC Quirinopolis apresentou seu boletim de atletas constando como titulares atletas de 01 (um) a (onze). Ocorre que no transcorrer da partida podemos notar que estava em campo o nº16, no lugar do nº 10. “
 
Processo 040/2015          
CAMPEONATO GOIANO DE FUTEBOL PROFISSIONAL- 2ª DIVISÃO-2015
Jogo:              SANTA HELENA ESPORTE CLUBE   X   EC RIO VERDE
Data:              Santa Helena, 28 de MARÇO  de 2015   
Procurador: Dr. RODRIGO ANANIAS MAIA
Relator:         Dr. AMADEU PEIXOTO MACHADO
Indiciados: LINDOMAR PIRES MARTINS, treinador da equipe do E.C Rio Verde, como incurso na disposição infracional do artigo 258, §2º, II do CBJD e artigo 243-C do CBJD, com base nos fatos e fundamentos a seguir delineados; “Aos 13 minutos do 2º tempo expulsei do banco de reserva  o Sr. Lindomar Pires Martins, técnico da equipe do E.C Rio Verde, por reclamar acintosamente de minhas marcações, proferindo as seguintes palavras “fraco, marca um para nós, seu fraco você tá de sacanagem”. E após ser expulso o mesmo falou para o 4º árbitro Sr. Joel Oliveira “vocês tem que apitar amador, vocês vive disto e da vontade de dar um murro na sua cara, ladrão desgraçado”. Lembrando que o mesmo já havia sido advertido anteriormente devido a sua conduta.”
 
 GILSON RODRIGUES SEREJO, atleta profissional da equipe E.C RIO VERDE, como incurso na disposição infracional do artigo 250 do CBJD, com base nos fatos e fundamentos a seguir delineados; “Aos 15 minutos do 2º tempo expulsei do campo de jogo o Sr. Gilson Rodrigues Serejo nº04 da equipe do E.C Rio Verde, em decorrência do segundo cartão amarelo, por segurar seu adversário Sr. Edmar Rosa Teles nº16 da equipe do Santa Helena E.C, pelo ombro na disputa da bola, próximo a área penal na diagonal do assistente de nº2. Informo que o mesmo havia advertido anteriormente, por impedir um contra-ataque promissor.”
 
EDMAR ROSA TELES, atleta profissional da equipe SANTA HELENA E.C, como incurso na disposição infracional do artigo 250 do CBJD, com base nos fatos e fundamentos a seguir delineados; “Aos 40 minutos do 2º tempo expulsei do campo de jogo Sr. Edmar Rosa Teles nº16 da equipe do Santa Helena E.C, em decorrência do segundo cartão amarelo, por impedir um ataque promissor osbstruindo a passagem do atleta Sr. Thiago Machado Matos nº10 da equipe do E.C Rio Verde, parando em sua frente na disputa da bola, próximo ao meio campo de jogo. Informo que o mesmo havia sido advertido anteriormente por calçar seu adversário.”
 
Processo 041/2015          
CAMPEONATO GOIANO DE FUTEBOL PROFISSIONAL- 2ª DIVISÃO-2015
Jogo:              ANÁPOLIS FUTEBOL CLUBE  X   AMÉRICA FUTEBOL CLUBE
Data:              Anápolis, 04 de ABRIL de 2015  
Procurador: Dr. ROBERTO ABDON FRAGOSO
Relator:         Dr. GREY BELLYS DIAS LIRA
Indiciados: DOUGLAS ALBERTO DO AMARAL, camisa nº 10, atleta profissional,  da equipe do AMÉRICA FC, como incurso na disposição infracional do artigo 254-A do CBJD, com base nos fatos e fundamentos a seguir delineados; expulso aos 45 minutos do 2º tempo em decorrência do CARTÃO VERMELHO DIRETO, por ter fora da disputa de bola, dado uma cabeçada em seu adversário, atingindo o rosto do mesmo.
 
LUCAS KELVILLY FREITAS MENEZES, camisa nº 06, atleta profissional, da equipe do ANÁPOLIS FC, como incurso na disposição infracional do artigo 254-A do CBJD, com base nos fatos e fundamentos a seguir delineados; expulso aos 45 minutos do 2º tempo em decorrência do CARTÃO VERMELHO DIRETO, por ter revidado e fora da disputa de bola, dado uma cabeçada em seu adversário, atingindo o rosto do mesmo.
 
 
Processo 042/2015          
CAMPEONATO GOIANO DE FUTEBOL PROFISSIONAL- 2ª DIVISÃO-2015
Jogo:              ESPORTE CLUBE  RIO VERDE   X   GOIÂNIA ESPORTE CLUBE
Data:              Goiânia, 04 de ABRIL  de 2015   
Procurador: Dr. ROBERTO ABDON FRAGOSO
Relator:         Dr. MILTON DE SOUZA BASTOS JUNIOR
Indiciados: ROMÁRIO A DA SILVA VALENTE, camisa nº 11, atleta profissional, da equipe do EC RIO VERDE, como incurso na disposição infracional do artigo 254-A do CBJD, com base nos fatos e fundamentos a seguir delineados; expulso aos 01 minuto do 1º tempo em decorrência do CARTÃO VERMELHO DIRETO, por ter na disputa de bola, atingido com uma cotovelada na altura do peito de seu adversário.
 
JOSÉ CARLOS A F BEZERRA, camisa nº 07, atleta profissional, da equipe do GOIÂNIA EC, como incurso na disposição infracional do artigo 254-A do CBJD, com base nos fatos e fundamentos a seguir delineados; expulso aos 01 minuto do 1º tempo em decorrência do CARTÃO VERMELHO DIRETO, por ter na disputa de bola, REVIDADO com um tapa no rosto de seu adversário.
 
Após ter obedecido as Normas do artigo 47, e seu parágrafo único, do CBJD, AFIXE-SE cópia deste boletim oficial no lugar de costume e a publicação do mesmo no Boletim Oficial da Federação Goiana de Futebol, a fim de que os indiciados não aleguem ignorância. 
Secretaria do Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol de Goiás, em Goiânia, aos NOVE dias do mês de ABRIL de dois mil e quinze (09.04.2015).
Confere:      Dr. Adalberto Grecco       De  Acordo:  Dr. MILTON DE SOUZA BASTOS JUNIOR

                                  Secretário                                               Presidente 




PARCEIROS
Federação Goiana de Futebol
2020 Federação Goiana de Futebol - Todos os Direitos Reservados
Edifício The Prime Tamandaré Office 22º Andar
Rua 5 nº 691 - Setor Oeste - Goiânia - GO CEP: 74.115-060.
Fone/Fax:
(62) 3218-2311 / 3218-2360 / 3920-9050